Kinect: Primeiras impressões

Kinect

Recentemente aconteceu o Festival do Japão em São Paulo, e lá a empresa Hudson tinha um stand com o Kinect. Eu já estava em São Paulo para o Anime Friends, então pensei que não custaria nada ir lá e jogar o Kinect “antes de todo mundo” :D!

Chegando lá no evento, fiquei impressionado com o número de pessoas fazendo! Apesar do lugar ser gigante (o Centro de Exposições Imigrantes) era difícil andar devido a quantidade de pessoas no evento. Eu nem precisei procurar muito, na verdade não procurei nada, só andei reto uns metros e encontrei o stand de Hudson. Estava com o meu amigo Luca e ficamos na fila, que estava bem grandinha, esperando para jogar o Deca Sports Freedom, que utiliza o Kinect! Logo na fila eu já comecei a perceber o gameplay do Deca Sports Freedom para sacar a resposta e precisão do Kinect, e eu juro que ri muito! Não dava para acreditar que aquilo era realmente um jogo que ia ser lançado, eu cheguei a ficar com pena do Kinect por alguns minutos. Quando eu cansei de rir do fracasso do Kinect, aproveitei para pegar umas revistas que estavam sendo distribuídas de graça – Uma EGW e um Nintendo World.

Quando chegou a minha vez de jogar o Kinect, eu já estava me preparando para uma catástrofe, e me surpreendi, o Kinect não é tão ruim assim! A resposta da movimentação, apesar de um pouco lenta, é bem precisa, e deixou o gameplay mais divertido. Se eu pulasse ou dançasse, o Kinect capturava esse movimento e mostrava no Avatar do Deca Sports Freedom, eu quase ignorei o fato dos gráficos serem extremamente bugados. Veja abaixo o vídeo de quando eu joguei o Kinect! Para ler mais detalhes sobre a minha experiência, leia o meu post na Nintendo Blast.


Assista no YouTube clicando aqui.

Share on Facebook
Read this post in english

Deixe um comentário